Arquitetura corporativa: 4 ideias para aderir à sua reforma

A arquitetura corporativa é essencial para elaborar um bom ambiente de trabalho. Com os cuidados certos, dá para garantir que o espaço seja robusto, prático e ainda capaz de motivar os colaboradores.

Para chegar a esses resultados, é possível adotar algumas ideias inovadoras e que já têm dado certo em escritórios modernos pelo mundo. Então, incluir essas alternativas em sua reforma corporativa é a melhor saída.

Para saber o que escolher, veja 4 sugestões de arquitetura corporativa para adicionar no seu projeto de reforma!

1. Invista em espaços abertos e colaborativos

Com a grande importância da comunicação, os times se tornaram mais integrados. As áreas de marketing e de vendas, por exemplo, podem atuar juntas para melhorar os resultados do negócio. Vários outros setores devem trabalhar juntos e, muitas vezes, os profissionais transitam em diversos segmentos.

Para favorecer esse movimento, o ideal é recorrer a espaços abertos e colaborativos. Prefira retirar paredes e adicione a ideia de balcões e mesas comuns, por exemplo. Também é interessante pensar em áreas que fortaleçam a interação e a comunicação, mesmo que durante as pausas. Assim, todos poderão trabalhar com máxima sinergia.

2. Aposte na sustentabilidade como base do projeto

A sustentabilidade é um conceito cada vez mais importante, em todo o mundo. As empresas que tomam a frente desse assunto aumentam seu nível de responsabilidade social, além de aproveitarem outros pontos positivos.

Na reforma, portanto, vale incorporar a ideia de sustentabilidade aplicada à arquitetura corporativa. É o caso de escolher revestimentos sustentáveis e de favorecer o isolamento térmico, de modo a reduzir os custos com climatização.

Também é interessante pensar na iluminação natural, no uso de materiais que causam menos impacto ambiental e até na integração com a natureza. Assim, os resultados serão sentidos até em médio e longo prazo.

arquitetura corporativa

3. Elabore locais criativos ou divertidos

Dentro da proposta de arquitetura corporativa, já não é válida a ideia de criar apenas espaços sérios e sóbrios. Cada vez mais há a busca por tornar o ambiente mais agradável e até para “borrar” a linha que separa obrigação e lazer. Para sair na frente com essa tendência, vale pensar em pontos divertidos e criativos.

Uma área de café, uma pequena lanchonete, um lugar de descanso ou mesmo em um com jogos durante as pausas podem aumentar a motivação. Se o escritório tiver acesso a uma sacada ou parte externa, é interessante explorar o ambiente para tornar a experiência muito positiva.

4. Pense em espaços versáteis na arquitetura corporativa

Com os imóveis menores e mais caros, existe a necessidade de aproveitar ao máximo cada pedacinho da área. Para tanto, vale considerar a criação de locais versáteis e que possam ser modificados de acordo com cada exigência.

É o caso de planejar divisórias que mudam de posição, bem como de móveis multifuncionais. Permitir que o mesmo lugar seja usado de diferentes formas, sem prejuízo para nenhuma delas, é um caminho altamente recomendado.

A arquitetura corporativa não precisa se limitar ao que já foi consagrado. É possível utilizar as novidades e, com essas sugestões, dá para incluir ideias muito relevantes para tornar sua reforma ainda melhor.

Se quiser ficar por dentro de outras atualizações e dicas sobre o assunto, curta a nossa página no Facebook!

Comentário no facebook